No Dia Internacional da Felicidade… ◕‿◕

“O Dia Internacional da Felicidade foi instituído em 2012 pela ONU, visando promover a felicidade das pessoas, tendo em conta a importância para o bem-estar das nações. Aproveitando o dia, a consultora de recursos humanos, Jason Associates, disponibilizou um plano de treinos para alcançar a felicidade.
Através do mote “Pessoas felizes fazem mais, melhor e durante mais tempo”, a consultora de recursos humanos criou um conjunto de sete ferramentas utilizadas para o treino da felicidade. Confira!

1. Cultivar o autoconhecimento e não o egocentrismo. Praticar o conhecimento próprio para a compreensão daquilo que se sente perante situações adversas.
2. Lidar com a realidade. Assumir uma posição realista em vez de pessimista.
3. Usar lentes cristalinas (metáfora). Ter a capacidade ver além do óbvio. Será que nos conhecemos tão bem ao ponto de saber o que faz as pessoas realmente felizes tanto na sua vida pessoal como profissional?
4. Não dramatizar. Ou viver a vida sem dramas. Empatizar significa que existe compreensão de pensamentos e emoções das pessoas com que se interage.
5. Agradecer. Agradecer, perdoar e eliminar rancor, parece óbvio, mas é dos treinos mais difíceis. No entanto, é através destas práticas que conseguimos um aumento significativo da Confiança que temos uns com os outros e, posteriormente, na nossa comunicação, sem nada que a dificulte.
6. Fazer parte de algo com significado.
7. Planear. O dia-a-dia é composto por um conjunto de tarefas e objetivos. Dessa forma, planeie de forma consciente e sistemática o seu dia.”

OBRIGADA de coração*

10426874_738025046275776_1893151436578000984_n
“There is a twilight zone in our hearts that we ourselves cannot see. Even when we know quite a lot about ourselves-our gifts and weaknesses, our ambitions and aspirations, our motives and our drives-large parts of ourselves remain in the shadow of consciousness. This is a very good thing. We will always remain partially hidden to ourselves. Other people, especially those who love us, can often see our twilight zones better than we ourselves can. The way we are seen and understood by others is different from the way we see and understand ourselves. We will never fully know the significance of our presence in the lives of our friends. That’s a grace, a grace that calls us not only to humility, but to a deep trust in those who love us. It is the twilight zones of our hearts where true friendships are born.”

Os 10 conselhos do Papa Francisco para chegar à felicidade

Papa Francisco
1 – Vive e deixa viver
“Aqui os romanos têm um ditado e podemos levá-lo em linha de conta para explicar a fórmula que diz: ‘Vá em frente e deixe as pessoas ir junto’.” Vive e deixar viver é o primeiro passo de paz e felicidade.

2 – Dar-se aos outros
“Se alguém estagna, corre o risco de ser egoísta. E água estagnada é a primeira que ser corrompida.”

3 – Move-te “remansadamente”
“No [romance] ‘Don Segundo Sombra’ há uma coisa muito linda, de alguém que relê a sua vida. Diz que em jovem era uma corrente rochosa que levava tudo à frente; em adulto era um rio que andava para a frente e que na velhice se sentia em movimento, mas remansado. Eu utilizaria esta imagem do poeta e romancista Ricardo Guiraldes, este último adjectivo, remansado. A capacidade de se mover com benevolência e humildade, o remanso da vida. Os anciãos têm essa sabedoria, são a memória de um povo. E um povo que não se importa com os mais velhos não tem futuro.”

4 – Brincar com as crianças
“O consumismo levou-nos a essa ansiedade de perder a sã cultura do ócio, desfrutar a leitura, a arte e os jogos com as crianças. Agora confesso pouco, mas em Buenos Aires confessava muito e quando via uma mãe jovem perguntava: Quantos filhos tens? Brincas com os teus filhos? E era uma pergunta que não se esperava, mas eu dizia que brincar com as crianças é a chave, é uma cultura sã. É difícil, os pais vão trabalhar e voltam às vezes quando os filhos já dormem. É difícil, mas há que fazê-lo”..

5 – Partilhar os domingos com a família
“No outro dia, em Campobasso, fui a uma reunião entre o mundo universitário e mundo trabalhador, todos reclamavam que o domingo não era para laborar. O domingo é para a família”.

6 – Ajudar os jovens a conseguir um emprego digno
“Temos de ser criativos com esta franja. Se faltam oportunidades, caem na droga. E é muito elevado o índice de suicídios entre os jovens sem trabalho. No outro dia li, mas não me fio porque não é um dado científico, que havia 75 milhões de jovens dos 25 anos abaixo desocupados. Não chega dar-lhes comer, há que inventar cursos de um ano de canalizador, electricista, costureiro. A dignidade de levar o pão para casa”.

7 – Cuidar da Natureza
“Há que cuidar da criação e não o estamos a fazer. É um dos desafios maiores que temos.”

8 – Esquecer-se rapidamente do negativo
“A necessidade de falar mal de alguém indica uma baixa auto-estima. É como dizer ‘sinto-me tão em baixo que em vez de subir baixo o outro’. Esquecer-se rapidamente do negativo é muito mais saudável”.

9 – Respeitar quem pensa de maneira diferente
“Podemos inquietar o outro com o testemunho para que ambos progridam com essa comunicação, mas a pior coisa que se pode fazer é o proselitismo religioso, que paralisa: ‘Eu dialogo contigo para te convencer’. Não. Cada um dialoga sobre a sua identidade. A Igreja cresce por atracção, não por proselitismo”.

10 – Procurar activamente a paz
“Estamos a viver uma época de muita guerra. Em África parecem guerras tribais, mas são algo mais. A guerra destrói. E o clamor pela paz é preciso ser gritado. A paz, às vezes, dá a ideia de quietude, mas nunca é quietude, é sempre uma paz activa”.”

10475523_674196022658679_5171372369898207325_n
“Sempre me perguntaram qual seria a origem da felicidade. Respirei fundo e disse: “A felicidade depende de cada um de nós, depende de querermos ser felizes.” Não coloque a sua vida nas mãos de outra pessoa, pois muitos não sabem nem o que fazer com as suas. Então, se olhe no espelho e se ame. Afinal a origem da felicidade está dentro de cada um de nós.”

Anciosérrima!

935146_509259369186697_1585484499_n
As viagens de comboio para casa à quinta-feira tem outro sabor! São ainda melhores que as de sexta, depois de uma semana de terror sem estar na minha casa e com os meus. Esta deu para descobrir umas coisinhas que já tanto me tinham dado a volta à cabeça. Sim, tipo um quebra-cabeças, que foi desvendado durante a espera pelo comboio. “Trombuda” eheheh
Agora estou ansiosa por segunda-feira (apesar de ser bastante estranho, já que vou voltar à vida de estudante). Mas segunda-feira vai ser especial. Muito especial! Muitíssimo especial!
Mas vá, agora é aproveitar o fim de semana que não é todos os dias!

Hoje, Agora

Imagem
Posso estar feliz sem nenhum motivo aparente, mas hoje estou feliz! Ou melhor, agora estou feliz! Pode ser só por alguns momentos, pode ser só até me ir deitar e amanhã acordar com outra disposição, mas agora estou com um sorriso verdadeiro na cara!
Pode ser só fantasia minha, pode ser só a minha esperança e a minha fé a falar mais alto, mas agora estou com os olhos a brilhar! E o que importa mesmo é o agora, e o que tiver de ser amanhã, será. E eu agora estou feliz! E com a certeza que vou ter uma boa noite, e uns bons sonhos! Contigo*