“Às vezes, acordamos com um vazio enorme no peito. Às vezes porque tivemos pesadelos tão absurdos, mas quando acordamos tristes ou irritados, estávamos apenas nós, no meio de muitas almofadas que disfarçam o vazio. Lutamos diariamente com intempéries desconhecidas, descobrimos que a saúde já não é a mesma, e que existem seres que dependem de nós. Temos de ser o pilar do mundo, manter-nos firmes e juviais, obedecer às regras e às normas que nos vão sendo impostas mesmo que não estejamos de acordo. A vida dá-nos muitas alegrias, mas também é bastante dura, e sinceramente não sei como conseguimos ultrapassar tanto obstáculo, tanto problema, tanto cansaço e mesmo assim conseguir tempo para um sorriso. As lágrimas essas são tão fáceis de aparecer… Aliás porque não há heróis! Há apenas seres determinados que em certas alturas precisam de um porto de abrigo que ajude a reabastecer energias e que nos encha o coração.”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s