A pluto e a pateta

IMG_8390
Porque vai iniciar-se uma nova etapa para ti. Porque eu quero acompanhar-te em todas as coisas. Porque me és muito. Porque me deste muito. Porque te devo muito. Por tudo aquilo que és e por tudo aquilo que somos juntas.
Vai iniciar-se uma nova etapa e eu desejo-te toda a sorte do mundo! Quero que sejas feliz, o mais puramente feliz! Estarei sempre ao teu lado assim como tens estado sempre ao meu. Estou a torcer por ti, sempre!*

ps:. Não te esqueças do português, porque senão depois já não nos entendemos :p

1926717_726966857381595_3981818125395969991_n
“Apesar de tudo amar. Apesar de tudo viver. Apesar de tudo sentir. Apesar de tudo arriscar. Querer apesar de tudo. Crer apesar de tudo. Insistir apesar de tudo. Ser apesar de tudo. Ir apesar de tudo. Apesar de tudo é o melhor conselho que alguém pode dar a alguém.
Por mais coisas que nos faltem na vida há tantas coisas que não nos faltam na vida apesar de tudo.”

10672193_722072191204395_5105118622015425722_n
“Hoje, percebo que as dificuldades geram forças e esperar é também uma forma de aprender. Hoje, entendo que cada um recebe aquilo que é para si desde que o queira bastante e não mude de ideias. Hoje, compreendo que a resiliência é uma virtude apenas dos que não abandonam os seus sonhos. E o mais importante, hoje sei que querer não é poder, mas antes nunca desistir.”

Prémio Nobel da Paz de 2014

O Prémio Nobel da Paz de 2014 foi atribuído à paquistanesa Malala Yousafzai e ao indiano Kailash Satyarthi, ativistas dos direitos humanos “pela sua luta contra a opressão de crianças e jovens e pelo direito de todas as crianças à educação”, justificou a Academia Nobel de Oslo, responsável pela escolha deste prémio.

10703774_724016531009961_5614106382709766930_n
“Nós percebemos a importância da luz quando vemos a escuridão.
A importância da nossa voz quando somos silenciados.”

✸‿✸

550429_468660696483621_1396108120_n
“Hoje, sorri. Sorri todo o dia. Não te forces a sorrir. Escolhe apenas sorrir. Sorri como se sorrir fosse o teu respirar. Sorri como se não vivesses sem sorrir. Sorri como se a tua vida dependesse disso. Não cedas. Não desabes. Não desistas. Sorri. Sorri. Sorri sempre. Sorri ao teu vizinho. Sorri ao homem da padaria. Sorri ao condutor do autocarro. Sorri ao teu colega. Sorri a quem te ama e tu amas. Sorri para ti mesmo. Sorri, porque o sorrir faz parte do teu lado mais gracioso. Sorri, porque quando sorris não estás a chorar. E se estás, é de alegria e não de tristeza. Sorri quando olhas o céu. Sorri quando olhas o chão. Sorri enquanto caminhas. Sorri quando te olham com indiferença ou desdém. Sorri quando se riem de ti. Sorri quando sorriem para ti. Sorri sempre. Sorri sem parar. Sorri até que não se lembrem de ti senão a sorrir. E não tenhas medo de parecer divergente. Não tenhas medo de parecer deslocado. Se afinal consegues sorrir, ainda és dos poucos capazes de acreditar que tudo pode vir a ser diferente.”