Primeiro ama-te a ti, para depois poderes amar o outro.

Imagem
“Só quem nunca deixa de ser completamente de si consegue ser completamente de outra pessoa.
Sou em ti o que nunca poderia deixar de ser, a mulher que nunca fugiu do que a pele lhe dá, que nunca se entregou ao tanto se me dá. Se faço, faço-me toda, se quero, entrego-me toda, se preciso, curvo-me toda. Se estou aqui para viver, estou aqui também para ceder. Para saber que não sou menos só porque não sou rainha, e para que todos os reinos se governem por dentro.
Só quem consegue ficar em cacos consegue ser-se por inteiro.”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s